Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Jornalismo e Dispositivos Móveis

por Patrícia Sofia Ferreira, em 21.11.12

No passado dia 16 assisti a uma conferência bastante interessante com a participação de José Alberto Carvalho (TVI), Pedro Tadeu (Controlinveste) e Henrique Monteiro (Impresa) na minha universidade (ubi).

Henrique Monteiro falou, essencialmente, do problema da comunicação - querermos comunicar algo mas a mensagem que passa é outra (mostrando este vídeo) - e das vantagens e desvantagens da leitura 'quebrada', à conta das caixas, gráficos, etc.. Por vezes, também me questiono se numa revista ou jornal leio primeiro o texto em si ou as variadas caixas (mais info aqui).

Pedro Tadeu começou por falar no material que lhe foi entregue quando chegou à redação (máquina de escrever, um tubo de cola e uma tesoura, se não me engano) comparando com o que exigem atualmente (gravar e editar vídeo, editar texto e áudio e saber publicar online). Também nos mostra este vídeo, destacando a renovação da sua redação do DN e a sua entrada na era multimédia (mais info aqui).

José Alberto Carvalho afirmou algo que eu concordo plenamente: os telespectadores já não ficam sentados e concentrados durante todo o telejornal e já muitas poucas pessoas gastam, pelo menos, 10€ em produtos de informação por semana. E, por isso, é preciso repensar o modelo de negócio do jornalismo. Termina o seu discurso dizendo que 'no jornalismo de hoje já não se pode procurar emprego, deve-se criar opções de trabalho'. Verdade! (mais info aqui)

José Alberto mostrando o seu primeiro telemóvel
Uma imagem bastante engraçada que José Alberto tinha no seu desktop

publicado às 15:30

1ª Frequência

por Patrícia Sofia Ferreira, em 13.11.12

Tenho tanta pena de, por vezes, ter de deixar este cantinho tão desatualizado, mas a universidade 'fala' mais alto :(

Como poderão adivinhar pelo título, hoje tive a minha primeira frequência. Não posso dizer que correu mal, pois até era relativamente acessível. Agora terei de esperar para ver...

Deixo-vos com uma parábola que estudei e que achei bastante graça: "É a própria impossibilidade de contar, impossibilidade de transmitir e de testemunhar, que se transforma no conteúdo do que se conta, dando assim forma a isso que é contado. Por conseguinte, no modo como se conta procura-se sempre, uma última vez, salvar do esquecimento a verdade daquilo que se conta. Isto significa que, no que se conta, o conteúdo disso que se conta é sacrificado ao modo como se o conta'. Vejam se percebem alguma coisa à primeira leitura :P

publicado às 12:45

Halloween 2012

por Patrícia Sofia Ferreira, em 02.11.12

Hoje trago-vos algumas fotos de como eu estava no Halloween. É uma pena Portugal ainda não aderir muito a este evento, pois adoro tirar fotos às pessoas disfarçadas e às decorações... :P

Fiz uma espécie de sessão fotográfica, como poderão ver a seguir :)

Vocês disfarçaram-se? Se sim, de quê?

Fotografia: Mar Castro
Fotografia: Luzia Arantes
A ser pintada no Serra Shopping

publicado às 23:05



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D